***Por trás dos bastidores***

Eis que fecha a cortina do teatro, o espetáculo acabou. Entre e comente, a porta dos bastidores está aberta!

Sunday, December 28, 2008

Quem precisa de Ken?



Perguntei a minha afilhada o que ela pediu de natal ao Papai Noel e ela respondeu o Ken, namorado da Barbie. Tudo bem, fui a loja procurar o tal namorado, coisa que muita gente faz na vida real, procura um namorado ou namorada assim, feito prateleira de supermercado. Me perdi na imensidão de Barbies, todas lindas, bem feitas, loiras, morenas, bronzeadas, até Barbie tatuada existe agora, tem pra todos os gostos. Fiquei surpresa quando encontrei o Ken na segunda loja e só tinha dois, um com asas (isso mesmo, ele tinha asas) e outro praiano. Será que acabou o estoque de namorados? Acho que não, na verdade não fabricam tanto namorados quanto antigamente. Fui pra casa pensando nisso, uma Barbie linda, com roupa de festa e impecável não precisa de namorado, ela quer carro, casa, roupinhas novas... isso tem ao monte espalhado pela loja. O tal namorado só existe assim, com asas estilo sonho ou praiano na vida boa. De duas uma, ou todo mundo comprou os namorados e acabou o estoque, ou a venda de namorados não faz muito sucesso entre os pais das crianças, tá cedo demais pra pensar nisso, né? Uma criança de cinco anos não pode pensar em homens, humm...
Seja como for, tá uma disputa danada entre as Barbies da minha afilhada, qual delas vai passar o reveillon acompanhada? Acho que vai ser a Barbie bronzeada e tatuada, comprei o Ken praiano, aquele de asas iria iludir muito a menina, só faltou o cavalo branco.
Feliz 2009 para todos!

Saturday, September 13, 2008

Guardados


É estranho sentar aqui depois de tanto tempo e escrever, senti a respiração forte e a sensação que abandonei as palavras. Uma coisa é certa, quando a gente tem algo de verdade não importa o tempo que fica longe, aquilo é seu. Toquei teclado durante oito anos e parei tem dois, nunca mais liguei aquele botão, mas sei que alguma coisa na vida eu sei fazer direito e não importa se minha mão vai tropeçar nas teclas, eu tenho aquilo dentro de mim pra sempre, tá guardado. Isso aconteceu também com meus anos e anos de natação, meu tempo de yôga, minhas idas ao cursinho de espanhol sábado de manhã, minha "campanha do quilo" batendo de casa em casa pedindo alimentos pra doação... tá tudo aqui, é meu.
O negócio é que agora começei a guardar novas coisas tão importantes quanto, minha faculdade, meu trabalho e por aí vai. As pessoas que passaram também estão aqui, vivinhas da silva no pensamento. Cada dia é um novo dia e nunca é igual, cabe a nós absorver o que é dado. Só não vale perder o amor e o humor, senão fica amargo. Boas lembranças para todos! :)

Friday, May 09, 2008

.

Só passei pra dizer que estou com saudades de todos os leitores!
Tô viva, tá?!
Mil beijos!!!
.

Saturday, December 15, 2007

Ninguém é de ninguém


Dizem que ninguém é de ninguém. Tudo bem, não vamos ignorar essa frase por completo, vamos analisar. No fundo eu até concordo, essa mania que algumas pessoas tem de achar que já conquistaram outras é errada. Todos os dias temos que reconquistar e ser reconquistados, ninguém aqui nasceu grudado e pode ir embora a hora que quiser, mesmo que isso seja meio difícil às vezes. Lembra aí de algum casamento que você foi, lembrou? Quando os noivos juram ficar juntos até que a morte os separe não quer dizer que só a morte pode separar alguém, não mesmo. Posso até estar errada mas o medo de perder o amor do outro faz bem, assim ninguém se acomoda.

Sabe o que é mais interessante? Mesmo sabendo que as coisas não são fáceis, a gente luta. A gente apaga o orkut, a agenda lotada do celular, as saídas sem rumo, vamos mais vezes ao salão de beleza, lemos livros de auto ajuda, meditamos e dependendo da religião até jejuamos. Tudo isso por um motivo, ser feliz. Feliz a gente já é mas dividir felicidade é melhor ainda. Não só felicidade, dividir um pouquinho da vida, se doar e receber é muito bom. Você se apaixona, faz malabarismos pra ter duração aquela relação e não se preocupa com a frase ninguém é de ninguém, sai pra lá pessimismo. O que a gente quer pensar é tomara que dure eternamente ao invés de até que a morte os separe. Se ninguém é de ninguém eu não sei, mas prefiro acreditar que é muito bom estar com alguém. Vale a pena acreditar no amor.
*
*
*
Gente, mil perdões pela ausência, aos poucos volto a ler todos os blogs especiais. Guardei umas idéias pra postar, fica pra depois.
Feliz Natal e Feliz Ano Novo pra todo mundo, muito amor!!!

Friday, August 31, 2007

Algo bom




Hoje acordei com o olho todo borrado, descabelada e com uma ressaca moral maior que a dor de cabeça. A Lena que trabalha aqui em casa e me conhece muito bem não fez nenhum comentário a respeito do meu estado, só comentou que acha muito bonito o contraste do meu cabelo loiro com minha sombrancelha preta e que enquanto algumas mulheres clareiam a sombrancelha, ela me acha linda assim, ainda mais maquiada. Depois disso abri um sorriso no estilo "oh yeah baby!" e dei aquela balançada no cabelo. Coloquei aquele cd perfeito e voltei pro lugar minha vida perdida na noite passada, catando pelo chão os caquinhos do coração. As músicas iam passando e com elas passava toda a dúvida e aquela vontade de achar respostas do por quê tava tudo tão errado. Foi então que percebi que não é hora de sofrer, nunca é hora. Não importa mais os motivos, o que passou e se você errou, agora tá na hora de fazer algo bom a você mesmo, renovar, recomeçar. Não importa a falta de amor dos outros pra pessoa que se ama por completo, entende? Não importa se os outros não se importam quando na verdade os outros são só os outros e nada mais. É hora de se olhar no espelho e ver que não é só o contraste da sua sombrancelha com seu cabelo que é bonito, o contraste que você faz com a vida, com a sua vida é o que realmente vale. Se o motivo daquela tristeza toda foi o emprego, a falta de atenção ou seja lá o que for, eu não me lembro mais, não quero me lembrar. As amigas agradecem e o anjo da guarda te abraça aliviado, férias pra ele tadinho. Aturar coisas que não me fazem bem com a esperança de um dia ter bons resultados, não faz mais parte dos meus planos. Acho que com vocês deve ser assim também, de verdade. Digo e repito, faça algo bom a você mesmo, se desapegue de coisas ruins, se apegue a coisas boas, mude o rumo e seja apenas feliz.
*
(Marlyn Moroe na foto.)

Wednesday, August 15, 2007

Coisas que a gente inventa


"Não importa o quanto você se importa, algumas pessoas simplesmente não se importam."
*
Não sei bem se é invenção, só sei que a gente faz coisas que até Deus duvida. Inventamos amores, dor de barriga, doença... O problema são as coisas que a gente faz pra conseguir algo. Cisma que tá apaixonado? Nem sabe se é paixão, vontade de conquistar aquela pessoa difícil... ninguém entende, você não entende. O problema é que bate aquele negócio, aquele sentimento maluco e até os considerados mais bem solucionados no quesito paixão se embaralham. Aquela menina controlada vira uma louca que liga de madrugada, o certinho bate bêbado na casa da menina... Atire a primeira pedra quem nunca cometeu uma loucura por algo que acreditava muito, mesmo sendo só você a única pessoa acreditando. Quando queremos muito alguma coisa não existe razão que controle. Eu sou assim, de verdade. Fiz praticamente dois anos de yôga em busca do auto conhecimento, auto controle, auto, auto, auto... consegui um auto entendimento do tanto que não me controlo. Intensa, essa é a palavra. Defendo besteiras feitas sem pensar (não é por aí), são essas besteiras que me movem, que me batem, que me deixam bêbada sem colocar uma gota de álcool na boca. Quer saber uma coisa? Não ligo, quero mais é viver. Vou te ligar de noite pra falar que te adoro, nada mais. Mais sincera que a transparência, quase uma louca. Não passo vontade. Sabe a frase que coloquei no começo? Pois é, não me importo com nada porque simplesmente não vale a pena. Preocupar com coisas que vão pensar de você é uma grande besteira, muitas vezes você não é nem mesmo notado. Então vá e faça, "o coração tem razões que a própria razão desconhece" e o resto é resto, acaba sendo esquecido. Paz, amor e um pouco de loucura pra todo mundo!

Monday, July 30, 2007

Outras mudanças


"Eu comecei minha faxina. Tudo o que não serve mais (sentimentos, momentos, pessoas) eu coloquei dentro de uma caixa. E joguei fora. (Sem apego. Sem melancolia. Sem saudade). A ordem é desocupar lugares. Filtrar emoções. E fazer uma espécie de Feng - Shui na alma."
Que bons ventos tragam novas - e maravilhosas - energias!!!!
(Fernanda Mello)
*
*
Desordem
"A desordem é completa. O tempo arrancou qualquer certeza e a inquietação é extrema.Todos os sentimentos confortáveis do passado estão beirando o precipício e nada mais sacia como antes. Tudo nos condena ao risco, ao desconhecido.Tudo se rendeu ao caos, ao espontâneo..."
Sim, finalmente, vamos começar a nos divertir.
(Marla de Queiroz)
*
*
Mudanças evolutívas, estava pensando em colocar isso como título desse novo texto, mas assim tá bom.
"Assim tá bom" é uma frase muito usada por pessoas que não gostam de mudanças, mas o interessante é como as coisas fluem sem que a gente perceba. Parece mesmo uma evolução, aprendizado... as coisas acontecem de uma forma tão natural em alguns momentos, somos levados pela correnteza e quando assustamos já tomamos escolhas e mudamos a rota do caminho sem sentir.
O que quero mostrar é que não devemos ter medo, podemos mexer, mudar e transformar muitas coisas. Podemos mudar de casa, emprego, romance, tipo de roupa, diversão e até mesmo estilo de vida, pensamentos e sonhos. Não quero entrar no assunto destino, futuro reservado... me embaralho algumas vezes pensando nisso, mas sei que existe escolhas e são essas escolhas que nos transformam, de uma forma ou de outra elas tem influências sobre nós. Certamente cabe a nós fazer dessa mudança algo bom ou ruim, lucrativo ou um atraso. Pode não ser fácil mas vale tentar, experimente! Se permita ser mais feliz, aprenda a voar.
*
*
Gente, muito obrigada pelo tanto de comentário no texto anterior, amei! Tô ficando cada dia mais chique, até "Prêmio Blog com Tomates" eu ganhei! A Kaya Barros do blog Livre Essência que me deu! êêêêêêêê!!! Quando aprender a linkar não vou me esquecer de ninguém, adoro ler vocês também! Beijos!