***Por trás dos bastidores***

Eis que fecha a cortina do teatro, o espetáculo acabou. Entre e comente, a porta dos bastidores está aberta!

Tuesday, January 16, 2007

Chega uma hora que não dá

Você sempre fez tudo sem pedir nada em troca, sempre gostou de agradar e de fazer alguém feliz. Nos relacionamentos sempre deixou acontecer, movida pelo amor a razão era uma coisa que não passava pela sua cabeça. Sempre viveu ao invés de procurar entender, ao invés de procurar respostas pra tudo. Ou melhor, sempre tentou entender as pessoas pra fazer direitinho como elas gostariam. Chega uma hora que não dá. Chega uma hora que você não quer necessariamente casar com aquela pessoa, simplesmente quer um pouco dela também, um pouco de reciprocidade. Quer uma amiga que pergunte como você está ao invés do que vamos fazer hoje. Quer receber um pouco ao invés de dar. Chega uma hora que não dá pra empurrar com a barriga, não dá pra segurar a peteca sozinha, não dá pra salvar seu casamento ou seu emprego sempre. Sua mão é pequena demais pra carregar o mundo. Chega uma hora que você quer companhia verdadeira, o dia todo até enjoar. Você não vai enjoar. Até a pessoa mais bem resolvida em todos os sentidos, aquela que se dá muito bem com ela mesma, que se auto-conhece, que se ama e sabe resolver tudo, precisa e merece ser cuidada de vez em quando. Essa pessoa não quer uma companhia mais ou menos, ela sempre fez tudo pelos outros e agora se acha no direito de desejar o melhor de todos pra ela, pelo menos por um segundo. Chega uma hora que não dá pra não cobrar. Eu quero, você quer, ela quer, todo mundo quer! Me dá! Me dá um tantão de resposta, de cuidado, de sentimento. Pouco eu não quero, pouco eu corro atrás e me dou sozinha. Assim que é, chega uma hora que não dá pra voltar atrás e corrigir os erros. Não dá pra ficar se lamentando. Já era, passou. Chega uma hora que aquele relacionamento acaba e não adianta se perguntar o que houve de errado. Você fez tudo de bom mas não deu certo, não dá pra cobrar amor de alguém, dá pra cobrar no mínimo respeito. Chegou a hora de acabar, virar a página, mudar o disco. Chegou a hora de cuidar um pouco da sua vida sozinha já que nem sempre será como você quer, nem sempre todo mundo vai te dar o que você quer. Chega uma hora que não dá pra escolher. Chega uma hora que realmente não dá pra entender, só vivendo mesmo.