***Por trás dos bastidores***

Eis que fecha a cortina do teatro, o espetáculo acabou. Entre e comente, a porta dos bastidores está aberta!

Tuesday, May 22, 2007

Homens... Convivência... coisas difíceis!


Posso dizer que meus vinte e dois anos de idade serviram pra alguma coisa, uma delas foi como entender os homens (ou ao menos tentar). Claro que cada pessoa é de um jeito e não podemos generalizar nem revoltar com as descobertas, mas que algumas coisas são mais do que claras isso ninguém pode negar. Uma coisa que atrapalha muito é a tal da fase, alguns não querem nada sério porque se julgam novos demais e só querem curtir a vida. Me desculpe querido, mas quem disse que quero namorar você? E quem disse que mulher atrapalha alguém a seguir a vida? Tem hora que eles se acham demais, tadinhos! A diferença entre alguns homens e algumas mulheres é que eles esperam o tempo certo pra namorar e elas esperam a pessoa certa. Com isso eles acabam perdendo mulheres muito bacanas por simplismente achar que não era o tempo. Quando falam que não sabem o que querem, é mentira! Sabem sim, eles querem sair com os amigos e conhecer todas as meninas da festa. Eles mais que ninguém sabem o que querem. Não acredito também naquele homem que nem te conhece direito e já vai falando na frente dos amigos que vai casar com você, te levar na casa da tia e que daqui alguns anos vai elogiar seus cabelos brancos. Quem está interessado fica calado, sério e com medo de perder, consegue ficar mais nervoso que noiva em dia de casamento.
Prefiro um safado assumido que fala a verdade na cara ao invés daqueles fofos que perguntam como foi seu dia, como vai sua família, seu cachorro, papagaio... e no final de semana falam que querem mais é cutir a vida. O safado ao menos te dá opção de escolha, você fica com ele porque quer, sabendo como ele é. Uma coisa que admiro em alguns homens, é que eles não apresentam qualquer uma pra mãe. Prefiro ficar no desconhecido ao invés de ser conhecida como mais uma. Não quero trazer qualquer um pra almoçar aqui em casa e não vai ser um João qualquer que vai conhecer minha afilhada. No relacionamento cada um tem que ceder, tem que ser amigo, companheiro... e não estou disposta a ceder qualquer coisa pra qualquer um.
A verdade é que ninguém é perfeito, mas isso não é justificativa pra imperfeições, vamos parar de ser acomodados a frases feitas. Se é pra dividir a vida, dividir histórias e fazer parte do futuro de outra pessoa, que seja ao menos numa relação saudável. Vamos parar com histórias pra boi dormir, ninguém aqui tem cara de parque de diversão. Se tem alguém aí revoltado com outra pessoa e quer que as coisas mudem, experimente olhar pra dentro e ver se o problema não está em você, colocar a culpa no outro é muito fácil.

*
Calma gente, eu escrevo coisas que invento! Homens, não fiquem com raiva de mim! Beijos, paz e muita sinceridade!!!